Quinta-feira, 15 de Novembro de 2018

Aniversário do Núcleo da COVILHÃ

.facebook_1542192036216.jpg

“No passado dia 11.11.2018, comemorou-se o 39º. Aniversário do Núcleo da COVILHÃ, em que estiveram presentes:

- em representação da Câmara Municipal, o Sr. Vereador Jorge Gomes,

- em representação da União de Freguesias Covilhã e Canhoso – o Sr. Sandro Gaio,

- em representação da Junta Regional do CNE – a Chefe Regional CNE – Irmã Escuta Sandra Bento e Diogo,

- Coordenador Regional da FNA da Região da Guarda – Sr. Francisco Farias,

- o Agrupamento 20 chefiado pelo Chefe Agrupamento – Irmão Escuta Rui Rodrigues,

- os 05 núcleos da FNA da Região.

 

Após o hastear das bandeiras, nos mastros da sede, fomos até à Igreja de S. Tiago, onde foi a eucaristia presidida, pelo Pároco Sérgio, visto o nosso Assistente de Núcleo – Padre Rafael Mourão ter compromissos assumidos religiosos.

 

Depois, foi o momento simbólico, da romagem ao Cemitério da Covilhã onde pusemos um ramo de flores, na nossa Lápide, em memória dos que já partiram para o Eterno Acampamento, presidida pelas orações, na presença do Pároco Sérgio e de umas breves palavras ditas pelo Presidente do Núcleo da Covilhã e Coordenador Regional da Guarda da FNA – Sr. Francisco Farias.

 

Veio o repasto e almoço/convívio, na presença de dezenas de pessoas, com muita animação e espírito escutista, o qual foi seguido dos habituais discursos, o qual passamos a enunciar o do Coordenador Regional da Fraternidade Nuno Álvares e Presidente do Núcleo da Covilhã:

 

«Caros Irmãos Escutas e Amigos,

Cumpre-me a mim, a honra de vos receber na data em que comemoramos o trigésimo nono aniversário, deste sonho, que é a Fraternidade Nuno Álvares – Núcleo da Covilhã.

Este sonho, tem um nome, tem uma história, tem uma alma, mas tem muitas caras! Este sonho somos todos nós e vós.

Como é próprio da celebração de um aniversário, estão todos de parabéns por fazerem parte desta história.

E o que é a história, se não a construção ordenada da memória e substanciação das lutas, a memória é lição, referência, e, porto de reflexão!

Neste tempo de explosão comunicacional, escasseiam os momentos de reflexão, não se dando o devido espaço à memória, tornando-nos escravos da usura da rotina, esbatendo o sentido das nossas ações e preparação para o futuro.

É salutar o envolvimento, interesse, motivação e participação dos nossos associados.

Estou convicto de que os desafios que se nos deparam no futuro, serão superados com a nossa colaboração habitual.

Continuemos a caminhar todos juntos, o trilho à nossa frente, para, com a Graça de DEUS, conseguirmos para o próximo ano comemorar mais um aniversário.

A todos Vós, continuação de Boa Caça.

Francisco Farias

Coordenador Regional da FNA da Região da Guarda e Presidente do Núcleo da Covilhã da FNA.»

Depois foi entregue ao Sr. Vereador Jorge Gomes, o nosso “monumento”!

Publicado por FNA - Escuteiros Adultos às 19:06
Terça-feira, 13 de Novembro de 2018

Unir para Servir

INFORMAÇÃO DN.jpg

 

Listas A Candidatas às Direções Regionais da Região da Guarda

Direção Regional e Conselho Fiscal Regional, triénio 2018/2021

unir.png

Direção Regional

Presidente - Pedro António Vicente Coelho (Núcleo do Teixoso)

Vice-presidente – Alexandre Paulo da Conceição Madeira (Núcleo do Tortosendo)

Secretária – Maria Isabel da Silva Soares Reis (Núcleo da Guarda)

Secretária – Ana Rita Gonçalves Martins (Núcleo do Fundão)

Secretário – Edgar Manuel Mariano Proença (Núcleo da Covilhã)

 

Conselho Fiscal Regional

Presidente – Paulo Manuel Paulino Serra (Núcleo do Teixoso)

Vice-presidente – Eduardo Manuel Simões Alves (Núcleo do Tortosendo)

Secretária – Maria de Fátima Mendes Gonçalves (Núcleo do Fundão)

 

Unir para Servir

O ato eleitoral que agora se verifica tem a singularidade de ser o passo para a construção da Região da Guarda no que diz respeito à Fraternidade de Nuno Álvares. A escolha dos elementos que vão integrar a primeira direção para esta nossa estrutura reveste-se, assim, de uma especial importância.

 

São muitos desafios que se avizinham neste período, mas maior é a vontade de construir um projeto Fraterno, transversal, sólido e global. Neste sentido, de entre o conjunto de medidas que agora são propostas às Fraternas e aos Fraternos da nossa Região, uma linha nos liga, a de dar vida e voz à mais recente Região do País no que  respeita à Fraternidade de Nuno Álvares. Tendo por base a representatividade dos cinco Núcleos que constituem o grupo Regional desenvolvido até aqui e como objetivo, a construção de pontes entre todos eles, surge agora o projeto a que nos propomos.

 

Apresentado este desígnio central, o de nos assumirmos como uma Região representativa, plural e forte, fica um segundo compromisso, ainda relacionado com a nossa posição no panorama Nacional da FNA. Com o ato eleitoral do próximo dia 9 de dezembro de 2019, a Região da Guarda passa a contar com uma equipa diretiva escolhida por todos os membros que será o rosto e a voz das expetativas e ambições desta nossa jovem Região.

 

Tendo por base estas intenções foi desenhado um programa de ação que contempla, para já, atividades Regionais com realização disseminada pelo território, mas também atividades Regionais desenvolvidas pelos diferentes Núcleos, uma forte aposta na área da expansão, com políticas e medidas pensadas para a criação de novos Núcleos numa das Regiões com mais história e presença do Corpo Nacional de Escutas, a implementação de diferentes momentos de formação para os Fraternos com intuito destes servirem da melhor forma os seus Núcleos, em temas específicos, mas sobretudo, para que em temas gerais, todas e todos os Fraternos possam servir melhor o nosso movimento.

 

Este é um programa aberto e comprometido. No amadurecimento das várias ideias que vos são agora propostas existe um leque de iniciativas cuja realização se pretende o mais abrangente possível, mas que não se esgota nelas mesmas. Isto é, o traçar de objetivos e de aspirações, é uma forma encontrada de apresentar um rumo, um percurso para os próximos anos no que diz respeito à vivência Regional. Contudo, existirá sempre espaço e abertura para acrescentar possíveis propostas feitas pelos Fraternos e/ou pelos Núcleos.

 

Um programa comprometido porque define um caminho a seguir e apresenta um projeto a construir com a ajuda de todos. Queremos ter uma Região Fraterna, mas uma Região ao serviço da FNA, da Sociedade e do próximo, queremos uma estrutura de afetos que cumpra os desígnios da matriz identitária da nossa organização. Nesse sentido é avançado um conjunto de propostas plenamente concretizáveis, capazes de serem mensuradas ao longo da sua execução e criadores de uma estrutura Regional sólida e madura.

Publicado por FNA - Escuteiros Adultos às 19:04

FNA – ESCUTISMO ADULTO NUMA MISSÃO AMBIENTAL

“Texto escrito pelo Fraterno António Fernandes do Núcleo do Fundão”.

 

O Núcleo do Fundão da FNA (Fraternidade Nuno Álvares), Escutismo para Adultos, com o apoio da Direção Nacional e integrado num Plano Anual e Nacional de Atividades Ambientais sob o tema “voltar a vestir de verde a Gardunha,” levou a efeito a plantação de cerca de três mil carvalhos na encosta norte da mítica serra, territórios de costumes religiosos, profanos, de ovnis e marcianos.


O Programa indicava o dia 27 de outubro para a receção no Seminário do Fundão dos elementos da Direção Nacional, da Região de Braga representantes de seis núcleos, de Lisboa quatro núcleos, de Setúbal três núcleos, de Vila Real 2 núcleos e da Guarda cinco núcleos, num total de mais de uma centena de escuteiros adultos.


No dia 28 partiu-se para a plantação dos carvalhos, na parte inferior da Casa do Guarda em Alcongosta, onde pela primeira vez se viu um Bispo com a enxada nas mãos, a abrir covas e a plantar carvalhos. É bom vermos alguns dos mais responsáveis da Igreja Diocesana de mangas arregaçadas e ao lado das atividades escutistas.

fundao1.png

No intervalo do trabalho, decorreu o almoço partilhado em mesas graníticas que só a Serra da Gardunha oferece, debaixo de castanheiros com ouriços a sorrir para nós. Não faltou o Moscatel de Setúbal e Vinhos Verdes da Região de Guimarães, as doçarias do Barreiro, os torresmos do Montijo, as punhetas de bacalhau de Braga, o pão e o presunto de Chaves, do Fundão a broa, o queijo, as frutas e mais vinhos, além do apoio logístico e da simpatia.

 
No final da labuta, houve uma visita explicativa ao Campo Escutista da Gardunha no Fundão por parte do Chefe do Agrupamento 120 do CNE (Corpo Nacional de Escutas). Aguarda-se que se concretize o Acampamento Nacional da FNA no local que reúne melhores condições para esse evento escutista a nível nacional.
Há a realçar a estreita e calorosa ajuda por parte dos Agrupamentos do CNE: o Agrupamento 120 do Fundão no apoio logístico; o Agrupamento 801 de Valverde com a colaboração da sua Fanfarra no desfile nas ruas do Fundão; e o Agrupamento 1335 de Aldeia de Joanes, dispondo das suas vozes e instrumentos musicais na Eucaristia, que religiosamente foi uma das marcas do encontro.


No domingo, dia 29, a parte da manhã foi ocupada com Visitas Culturais, sob a dinâmica, ensinamento e orientação do animador municipal Pedro Silveira.

fundao2.png

O mapa do itinerário começou na Casa do Barro na freguesia do Telhado, terra de oleiros, onde se cozinhavam os diversos materiais para serviço na alimentação… Ali estão rostos de memórias, objetos, oficinas de olaria. Registei as palavras do Poeta Albano Martins, natural daquele espaço: “pertenço a esta geografia, ao lume branco de resina, ao gume do arado. A minha casa é esta; um leito de estevas e uma rosa de caruma abrindo o teto do ORVALHO. Vou atrás do carro de feno/vão ali sobre rodas, cortadas rentes os meus dias enxutos.” Ainda deu tempo para visitar um lagar de azeite de varas e ouvir a voz de uma Mulher octogenária que ali trabalhou. Uma Biblioteca Viva.

 
A segunda etapa foi a Casa do Bombo em Lavacolhos. Num painel de azulejaria encontramos o maior ícone - o TOCADOR DO BOMBO-, da autoria de Carlos Gravito. Fomos recebidos aos sons guerreiros dos bombos.

 
Segundo o etnomusicólogo Michel Giacometti, que por ali andou: “Aqui se confronta o misterioso poder das leis constringentes e a precária esperança do seu rompimento.” Também Ramon Menendez Pidal se refere ao ”tumulto musical nas festas populares, o meu grande recurso de alegria.”

fundao3.png

Não posso deixar de referir dois homens, naturais de Lavacolhos. Américo Simão, tocador e construtor de bombos, afirmou que “o som estremece o coração” e o etnomusicólogo Carlos Gravito: “o outono binário, em Lavacolhos, é batido violentamente sobre a pele dos bombos como uma antiga marcha guerreira.”
Uma grande parte da centena de visitantes experimentou o bater na pele do bombo e revelou arte musical, principalmente as gentes do Norte do País.

 
A última etapa tinha forçosamente de terminar na Casa da Romaria de Santa Luzia no Castelejo, com uma fotografia da Amália Rodrigues, sua grande devota, em carro de bois na ida do Fundão para uma das célebres romarias da Beira Baixa, com a chegada de romeiros de diversos pontos do País.

Um painel:

“LUIZIR/LUZ/LUZENTE/ILUMINAR/LÚCIA/ILUMINAR/LUCENTE LUMÍNCA/LUZIANENSE/LUSEIRO/LUZIDO… no centro a palavra LUZIA.

fundao4.png

Não podia sair daquele espaço sem comprar as Flores de Santa Luzia, um símbolo da Romaria de Santa Luzia.

 
A pé, como peregrinos, subimos ao Santuário de Santa Luzia, sendo recebidos pelo Grupo de Bombos de Lavacolhos e pela musicalidade de vozes femininas no interior da Capela: “Senhora Santa Luzia/Vizinha do Castelejo/Dai-me vista aos meus olhos/Sou ceguinha, não vos vejo.”

 

Não se deve esquecer o trabalho dos agrupamentos do CNE limítrofes e o Núcleo da FNA do Fundão, e a colaboração do Município Fundanense e da Junta de Freguesia de Alcongosta.

 
Venham muitas atividades ambientais na Serra da Gardunha. A Natureza agradece."

 

Publicado por FNA - Escuteiros Adultos às 18:55

Dia de S. Nuno de Santa Maria

patrono.png

“ …Sou S. Nuno de Santa Maria, contigo estou e estarei.

Fui guerreiro, fui monge, mas o que gostei mais de ser foi pai dos desvalidos, e peço-vos que sejam pais e mães das crianças que se perdem na vida, porque aqueles que estão empobrecidos, tão tristes com a sua existência, com o que os rodeia, já não têm energias para continuar a caminhada e de vós precisam para lhes dar alento a prosseguir a viagem”…

 

Comemoramos no passado dia 6 novembro o dia do o nosso Patrono, que saibamos sempre em todos os dias da nossa vida olhar para o seu exemplo e com ele darmos cumprimento aos nossos IDEAIS de vida… e nunca esqueçamos que fazemos parte dum movimento com valores, sendo o SERVIÇO e a CIDADANIA algo que nos deve sempre ajudar a refletir a cada momento da nossa vida.

Sejamos sempre capazes de viver à luz dos exemplos como o do nosso Patrono S. Nuno de Santa Maria.

Publicado por FNA - Escuteiros Adultos às 18:48
Segunda-feira, 5 de Novembro de 2018

Informação da Mesa do Conselho Nacional

INFORMAÇÃO MCN.jpg

INFORMAÇÃO

 

A Mesa do Conselho Nacional informa todos os associados de que o Conselho Nacional Plenário de 2019 se realizará em Fátima, no Centro Pastoral Paulo VI (Salão do Bom Pastor), nos dias 6 e 7 de abril de 2019. As inscrições deverão ser feitas de acordo com as instruções que, entretanto, serão dadas pela Direção Nacional.

 

Informa ainda que neste Conselho Nacional Plenário se procederá à eleição da Mesa do Conselho Nacional. As propostas de candidatura devem ser enviadas até ao dia 31 de março de 2019, para a Mesa do CN (endereços indicados em baixo).

 

Mais informa que, dando cumprimento ao ponto 5 do Artigo 115º dos Regulamentos, até ao dia 31 de janeiro de 2019, devem ser enviadas as propostas a incluir na Ordem de Trabalhos, após verificação da sua legalidade. Só depois, será divulgada a referida Ordem de Trabalhos.

 

Alerta para Servir!

Publicado por FNA - Escuteiros Adultos às 21:07

Conselho Regional Eleitoral da FNA da Região da Guarda

COMUNIÇÃO - INFORMAÇÃO.JPG

Guarda, 05 de novembro 2018

 

INFORMAÇÃO

 

A Mesa do Conselho Regional da Região da Guarda informa todos os Associados da Região da Guarda que,

O Conselho Regional Eleitoral da FNA da Região da Guarda, se realiza no dia 09 de dezembro de 2018, com início pelas 11 horas até às 15 horas, na Casa da Vila de Tortosendo, Rua Dr. Gabriel Boavida Castelo Branco, 6200-749 Tortosendo, com a seguinte Ordem de Trabalhos:  

 

Ponto 1

Eleição da Direção Regional da FNA e do Conselho Fiscal Regional da FNA da Região da Guarda.

 

Ponto 2

Contagem de votos e apuramento dos resultados.

 

Ponto 3

Temas diversos.

 

Mais informamos que a Cerimónia Oficial da Tomada de Posse das Direções Eleitas, Direção Regional e Conselho Fiscal Regional, terá lugar pelas 16 horas, na Capela de Nossa Senhora do Rosário no Tortosendo.

Alerta para Servir

Publicado por FNA - Escuteiros Adultos às 20:51

"Sede Nacional (Localização)"


Exibir mapa ampliado
Fill out my online form.


Desenvolvido por Duarte Lopes

Translator

Pesquisar

 

Site Nacional

Envio de notícias

Cidadania

Expansão

Formação

S.Nuno Santa Maria





ISGF

CNE

Sobre nós

blogs SAPO

Links

Notícias recentes

Aniversário do Núcleo da ...

Unir para Servir

FNA – ESCUTISMO ADULTO NU...

Dia de S. Nuno de Santa M...

Informação da Mesa do Con...

Conselho Regional Eleitor...

JOTA JOTI REGIÃO DO PORTO

Mensagem do Presidente Na...

10.º aniversário do Núcle...

O ARAUTO de setembro

CIDADANIA - Apresentação ...

Tema Anual “CIDADANIA” Ce...

NÚCLEO DE CHAVES EM SERVI...

COLÓQUIO: FNA NO ESCUTISM...

Processo eleitoral para a...

Conselho Nacional Plenári...

Ação de Formação do Curso...

Jornal RF - Radio em Frat...

Peregrinação a Fátima do ...

RAIDESCOBRINDO 2018

VOLTAR A VESTIR DE VERDE ...

Formação promovida pelo N...

Romaria a Monte Córdova

Reunião de Avaliação do I...

Faleceu o Presidente da D...

Compasso nª 42 de agosto

Video promocional da ativ...

Conselho Regional Eleitor...

Encerramento do tema anua...

Ação de preparação para f...

V caminhada a São Bento d...

ACANAC da FNA 2018 “ PART...

Trilhos de Camilo

Inscrições para o JOTA e ...

Jornal RF - Rádio em Frat...

Revista Caminho a Seguir

Hino do IX ACANAC da Frat...

Arauto de junho

JOTA JOTI 2018

Acanac - como chegar

Arquivos

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Outubro 2007

Julho 2007