Quarta-feira, 6 de Maio de 2020

COVID-19 – ESTADO DE CALAMIDADE - Recomendações do Departamento Nacional de Proteção Civil da FNA

Covid-19.png

Caros Escuteiros Adultos

Passados 45 dias desde o início da declaração de Estado de Emergência, Sua Excelência o Presidente da República considerou que o comportamento geral da população contribuiu positivamente, para o combate à doença COVID-19, sendo então possível desagravar a situação dando por terminado esse estado de emergência, contudo a situação não está de todo ultrapassada, passando agora a vigorar o Estado de Calamidade Publica, declarado pelo Governo.

Com esta declaração o que muda realmente?

Será o voto de confiança dado aos portugueses, num apelo á continuidade do civismo demonstrado anteriormente, passando a não ser obrigatório, mas sim um dever de CIDADANIA, “ficar em casa”, em todas as situações além das contempladas por razão de força maior, anteriormente impostas, incluindo a proibição de saída do conselho de residência.

Perante este voto de confiança, devemos provar como Escuteiros Adultos que: O Escuta é filho de Portugal e bom Cidadão.

Este segundo princípio perante a atual situação é um apelo à Cidadania, para a salvaguarda de um bem essencial, a saúde de cada um, como de todos para o bem comum; Eu tenho que ser o primeiro a admitir estar infetado com COVID 19, se assim o fizer, é minha obrigação proteger os outros, com as medidas recomendadas estarei a proteger o próximo, se todos tomarmos como máxima esta ação cívica, estaremos todos a proteger-nos e a proteger os outros.

Renovamos algumas recomendações de reforço ao que tem sido transmitido:

Ações pessoais que podem fazer a diferença.

Permanecer em casa, sair em situações de necessidade justificada.

Na rua, nas idas ás compras, para o trabalho, nas saídas para o seu passeio higiénico ou passear o seu animal de estimação deve:

  1. Se fumar, nunca lance a ponta de cigarro fora, coloque-a depois de bem apagada no cesto ou contentor de lixo, além de uma manifestação de civismo e respeito ambiental, é igualmente uma prevenção à transição de doenças.
  2. Manter o distanciamento recomendado, mesmo quando se cruza com outras pessoas.
  3. Evitar zonas muito frequentadas, ou procurar horários mais tranquilos para as suas saídas.
  4. É obrigatório o uso de máscaras em transportes públicos, nos serviços de atendimento ao público, escolas, etc., mas deve usar máscara sempre que partilhe espaço com outras pessoas, mesmo na via publica, esta devem manter-se seca, se ficar húmido deve ser trocada, procure uma máscara lavável reutilizável, ajudando a proteger o ambiente.
  5. Antes de colocar a máscara e após a sua remoção deve lavar as mãos.
  6. Para falar diretamente com outras pessoas, tentar manter uma distância de dois metros.
  7. Esperar no exterior dos estabelecimentos em fila, mantendo o distanciamento recomendado de pelo menos um metro entre pessoas.
  8. No interior dos estabelecimentos, deve ser breve nas suas compras para dar lugar a próximos clientes, evitar tocar em objetos, apenas no estritamente necessário (recomendasse uso de luvas), mantendo sempre distancia de outros clientes.
  9. Lavar as mãos com frequência em especial no regresso á residência.
  10. Quando remover a máscara ou luvas, deve certificar-se que coloca estes materiais em local apropriado, se descartáveis, deve coloca-los no contentor de lixo de forma a que mais ninguém os toques.

No regresso a casa, deve ter alguns cuidados como:

  1. Trocar de calçado à porta de casa e deixar o calçado no exterior para o utilizar na próxima saída.
  2. Seguir diretamente à casa de banho, lavar as mãos com sabão durante 40 a 60 segundos.
  3. Após a lavagem das mãos, lavar a cara com especial atenção à boca, nariz e olhos.
  4. Tirar a roupa com que andou na rua e colocar para lavar sempre que possível.
  5. Mesmo em casa manter distanciamento possível entre familiares, em especial com mais idosos, para sua proteção.
  6. Proceder a limpezas frequentes do ambiente familiar, dando especial atenção à casa de banho, fazer uma desinfeção se entender necessário, na falta de um desinfetante, vinagre é uma opção acessível e eficaz.
  7. Procurar arejar o ambiente doméstico tanto quanto possível, mantendo o conforto térmico da residência.

Em casa como passar o tempo:

  1. Procure apanhar sol na sua varanda, evitando a rua.
  2. Dedique um tempo ao exercício físico, mesmo em casa, fundamental pata a manutenção da saúde.
  3. Da sua varanda tem uma vista privilegiada para o mundo, privilegie dai o convívio com os vizinhos, aproveite-a.
  4. As notícias podem provocar depressão, limite a um curto espeço de tempo para se informar.
  5. Dedique mais tempo à cultura, leitura ou programas culturais disponíveis na TV.
  6. Procure ver filmes de comédias, ajudam a enfrentar o momento com mensagens positivas.
  7. Organize as suas ações para um futuro breve, planeie atividades com criatividade.
  8. Telefone aos amigos, seja positiva no diálogo com eles, lembre-os que a vida continua e eles serão sempre importantes, mesmo distantes.

Como Escuteiro Adulto organize ações de Cidadania na sua comunidade.

  1. Organizar um serviço de compras na comunidade evitando saídas de pessoas de risco.
  2. Ajude a organizar as compras, limitando ao necessário, evitando açambarcamento.
  3. Procure tomar conhecimento de situações de risco e alerte as autoridades locais para essas situações, (pessoas idosas e ou isoladas, doentes crónicos, famílias em situação económica difícil etc.)
  4. Organizar convívio à distância no seio da comunidade.

Estamos disponíveis para receber sugestões, ou pedidos de ajuda dos nossos Associados, para um planeamento de ação num futuro que será diferente, mas seguramente uma oportunidade para que ser Escuteiro Adulto seja um exemplo de Cidadania e Fraternidade, colabore com o Departamento Nacional de Proteção Civil da FNA, apresente os seus receios, dúvidas ou sugestões.

O Departamento Nacional de Proteção Civil da FNA, mantem atenção especial ao evoluir da situação, estando disponível para ação de colaboração com as autoridades de Proteção Civil, sempre que solicitado o nosso apoio, mas mantendo como prioridade a segurança dos nossos Associados.

 

VAMOS TODOS FICAR BEM - VAMOS VOLTAR A ESTAR JUNTOS

 

Jorge Carvalho

Chefe do Departamento Nacional de Proteção Civil da FNA

Publicado por FNA - Escuteiros Adultos às 23:52

"Sede Nacional (Localização)"


Exibir mapa ampliado
Fill out my online form.


Translator

Pesquisar

 

Site Nacional

Envio de notícias

 Família

Expansão

Formação

S.Nuno Santa Maria





ISGF

CNE

Sobre nós

blogs SAPO

Links

Notícias recentes

COVID-19 – ESTADO DE CALA...

Dia de São Jorge, Patrono...

Tema anual da FNA para es...

Direção Nacional deseja a...

COMPASSO nº 48 de abril 2...

COVID-19 – Reforço das Re...

Informação da Direção Nac...

Informação da Direção Nac...

JOTI Edição Especial

Informação da Direção Nac...

Informação Mesa do Consel...

COVID-19 - Recomendações ...

Informações Mesa Conselho...

Comunicado da Direção Nac...

ÚLTIMA HORA - Informação ...

Informações Mesa Conselho...

Compasso de dezembro

Criar Raízes IX

ALTERAÇÃO DE HORÁRIO DO C...

Direção Nacional deseja a...

ELEIÇÕES PARA A DIRECÇÃO ...

CALENDÁRIO PROCESSO ELEIT...

Convocatória eleições Dir...

CONVOCATÓRIA CONSELHO NAC...

CANCELAMENTO DAS ELEIÇÕES...

FNA Região de Lisboa tem ...

Comemorar o Dia Internaci...

Jornal "O ARAUTO"

Jornal RF - Radio em Frat...

A GUARDA … AGUARDA-NOS !!...

Partiu para o eterno ACAM...

FNA Núcleo de Coimbra par...

COMPASSO nº 46 de setembr...

RAIDESCOBRINDO 2019

O SONHO QUE NOS TRANSFORM...

Revista "Caminho a Seguir...

Português eleito para a l...

Processo eleitoral para a...

Convocatória Conselho Nac...

Jornal Rádio em Fraternid...

Arquivos

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Outubro 2007

Julho 2007